Voltando?!

Eu tenho esquecido um pouco do meu blog. Mas nem é tão surpresa,  meus blogs sempre brincaram de morto-vivo-morto.

A propósito, fez um ano que o Try again começou e, apesar de ter lembrado do dia, esqueci de fazer um post. Isso foi em abril (shame on me). Outras coisas também aconteceram,  já entreguei a primeira parte do meu TCC, tive férias, voltei às aulas, completei 26 anos, mas tudo passou em branco por aqui.

Não tenho muito como me redimir, aliás, tem alguém aí ainda?

Bom, vamos para o que realmente importa: FOTOS.

Sábado fui rapidinho na Galeria do Rock comprar ingressos para o show de lançamento do DVD de 20 anos do Dead Fish, sim, direto do túnel do temmmpo. haha Tirei algumas fotos da galeria. Decidi deixar tudo em P/B. Taí.

Anúncios

What the ‘music’ gave me

Sabe quando você começa a gostar de uma banda depois que ela passa pelo Brasil? Pior, você tinha ingressos para ir no festival que eles tocaram, mas vendeu por preguiça de aguentar dois dias de shows, daí decide assistir tudo do sofá da sua casa e, putaquepariu, se apaixona perdidamente pela banda.

Pois é, aconteceu comigo + Foster the people, como faz para tratar desse arrependimento?

E esse clipe é bem foda:

Bom, deixa eu falar mais um pouco sobre meus arrependimentos, pois não é apenas por uma banda que ando apaixonada. Na época que a Florence and the machine veio para o Brasil, eu estava ouvindo bastante as músicas deles, lembro que uma amiga me ofereceu ingressos por um preço camarada no dia do show, mas eu nem estava na vibe, não fui, agora ando com apaixonite pela linda da Florence Welch. Que vida, amigos. hahahah

Gata garota. 😛

Essas paixões meio tardias são legais de acontecer, pois confesso que andava com uma preguiça absurda de procurar bandas novas. Saudade dos bons tempos de Last.fm…

Jorge Amado e Universal

Há algumas semanas fui dar uma volta com umas amigas no parque da luz e no Museu da língua portuguesa, onde está rolando uma exposição do Jorge Amado. O passeio rendeu umas fotos legais, separei algumas da exposição, que é muito interessante, aliás.

Nas últimas fotos, Lux e Jacque. 🙂

Queria colocar mais fotos aqui, mas o post ficaria meio pesado. Vou adicionar algumas fotos no flickr, por falar nisso, estou a fim de começar um flickr novo. Enjoei do meu.

Ah, sei lá, e sempre ultimamente sou mais imagem do que palavras.

Museu da língua portuguesa
“Jorge Amado e Universal”: Um olhar inusitado sobre o homem e a obra
Período: de 17/04/2012 a 22/07/2012 – Dá tempo!

 

Clicks por aí..

Uma amiga comprou uma câmera nova, daí sábado decidimos dar uma voltinha na Benedito Calixto, pois é, lá vou eu fotografar a feirinha novamente. Chamei mais outra amiga e o legal é que as nossas fotos ficaram diferentes, mesmo sendo o mesmo local, os mesmos objetos. Aí vão algumas minhas.

Três mocinhas: Lux, Aline and Moi.

Mais fotos no flickr.

Preciso encontrar novos lugares para fotografar.

16 e 17/366 – Dias nada coloridos

Opa, tarda mas não falha! Só tô conseguindo postar duas fotos por vez, engraçado porque os cliques são feitos nos dias certos, só a postagem que está sendo dupla, mas nem sempre vou conseguir tirar a foto no dia. Tô logo avisando (viu Lux, Débora? :P).

Bom, as fotos de ontem e hoje tem tudo a ver com o mês de janeiro aqui em São Paulo, ou seja, sem cor. Alguém avisa que o verão já começou?

16/366 – enquanto esperava a dermatologista me atender.

A de hoje já foi no desespero, tirei enquanto esperava o bus. Tá bem ruim, mas é o que temos.

17/366

As duas feitas pelo meu celular. Na hora do desespero, vale.

14 e 15/366

Depois de muita chuva no fds, vou postar as fotos de ontem e hoje.

A foto 14 foi tirada já na madrugada de hoje depois de uma noite meio #fail. Meus amigos e eu decidimos ir no Beco 203, mas a fila estava imensa e eles estavam segurando o pessoal lá fora na fila, na chuva, e eu me sentindo a mais idiota das pessoas, afinal se vou pagar por algo, espero pelo menos que tenham um pouco de respeito. Se não cabe mais ninguém, não cabe e pronto, mas eles não avisam, faz bem ter um monte de babaca fazendo fila e chamando a atenção para a balada. Só sei que depois de uma hora e meia esperando, decidimos tirar nossos narizes de palhaço e ir andar pela Augusta, encontrar algum lugar para nos acolher, mas São Paulo tem um problema, as coisas fecham cedo por aqui, 1h da manhã e a maioria das padocas e bares já estão fechando, é desanimador. Enfim, depois de constatar que a noite não ia virar, paramos na Bela Paulista e ficamos um pouco. A foto é de lá, feita pelo cel.

14/366

No fim das contas, nos divertimos mesmo sem rumo.

Já a foto 15 foi tirada hoje a tarde enquanto estávamos na fila do Espaço Unibanco de Cinema. Sério, o que está acontecendo com SP? Eu sei que a cidade é grande, cheia, mas, nunca peguei tanta fila. As pessoas estão descobrindo a Augusta agora ou eu que deixei ela um pouco de lado e estou por fora?

Assistimos Um Conto Chinês, demorou, né? hahah Adorei!!

15/366

Desejo uma boa semana sem filas, faz favoorrrrr.

Oscar Freire B&W

Comprei num brechó em Paris (brinks).

Domingo retrasado fui almoçar na Oscar Freire, após o almoço decidi dar um passeio pela rua, entrei na Accessorize e encontrei muita coisa fofa, mas acredito que em Londres ela não passe de uma mera pink bijoux. Sorry, todos sabemos como as coisas são no Brasil, né? Nem me empolgo quando vem marca gringa para cá, pois sei que nunca valerá à pena.. Oi, Benefit. :] Bom, gostei tanto desse anel – super discreto – de panda que trouxe para casa, na verdade o namorado que comprou pra moi. Aliás, hoje o aniversário é dele, mas quem ganha o presente sou eu (a frase mais usada no mundo inteiro).

Nesse dia várias lojas estavam fechadas, tinha pouca gente e estava começando a chover, então as fotos ficaram muito sem graça, mas vou mostrar algumas imagens.. Tô pensando em fazer umas fotos por lá no sábado, figura é o que não falta.