Zé do Hamburger e o domingo chuvoso

Eu odeio domingos. Sou capaz de ficar na cama o dia inteiro, quase fiz isso ontem. Acordei eram 13h, tomei “café da manhã” e dormi de novo, lá pras 15h acordei e finalmente decidi que deveríamos almoçar/jantar. Fómos ao Zé do Hamburger, lanchonete que o namorado já tinha ido e disse que eu ia adorar. Gostei mesmo.

O ambiente é todo decorado no estilo anos 50, com pin-ups espalhas pelas paredes, e muito Rockabilly. Enfim, tem um adorável tema retrô, é clichê, but i don’t care.

O atendimento do local é bom, chegamos e praticamente só tinha nós dois, aos poucos foi enchendo. Fiquei curiosa para tomar um dos famosos milkshakes de lá, mas estava com vontade de provar a batata também, que é muito boa, tem corte artesanal, porém ainda perde para a do Sujinho, só que batata + milkshake + hambúrguer não ia rolar. Ou melhor, eu ia sair rolando, literalmente. Então decidimos pedir batata e hambúrguer. Esse sim é comparável ao meu hambúrguer preferido, o do Sujinho, tá alí oh, lado a lado no meu coração. Pedimos o ” De Minas”, e, bom, eu não vou ficar descrevendo o que tem no lanche, porque acho chato, afinal quem quiser ver mais detalhes do cardápio, clica aqui. 😉

Por fim, pedimos waffle com sorvete de creme, farofa e doce de leite argentino. Bommm demais. Na verdade, queria pedir o waffle com creme de avelã, mas o sorvete era de chocolate, acho que é muito chocolate junto. Enfim, quem sabe da próxima vez.

Vou colocar umas fotos que tirei rapidamente lá. Estávamos sentados no primeiro andar, a parte do térreo é muito fofa também, mas é pra quem quer comer no balcão.

Para quem quiser conhecer: Zé do Hamburger

Anúncios